Não te esqueças de que a solução para o problema que te angustia, está a caminho.

Nos tribunais da Divina Justiça, nenhum processo fica parado.

A tua petição, depois de examinada, será deferida de acordo com os teus méritos.

Não te aflijas, antecipando-te às providências que haverão de ser tomadas em favor de tua paz.

Nem agraves a tua situação, tornando inócuas, quando te alcancem, as deliberações em andamento.

Saber esperar é tão importante quanto saber agir.

Toda decisão precipitada acaba sendo uma solução pela metade para o problema que se pretende resolver.

A solução que demora a surgir ainda não encontrou, disponíveis, os elementos que a favoreçam.


Irmão José/Carlos A. Baccelli
livro "Vigiai e Orai"











Dez Maneiras de Amar a Nós Mesmos

1. Disciplinar os próprios impulsos.

2. Trabalhar, cada dia, produzindo o melhor que pudermos.

3. Atender aos bons conselhos que traçamos para os outros.

4. Aceitar, sem revolta, a crítica e a reprovação.

5. Esquecer as faltas alheias sem desculpar as nossas.

6. Evitar as conversações inúteis.

7. Receber no sofrimento o processo de nossa educação.

8. Calar diante da ofensa, retribuindo o mal com o bem.

9. Ajudar a todos, sem exigir qualquer pagamento de gratidão.

10. Repetir as lições edificantes, tantas vezes quantas se fizerem necessárias, perseverando no aperfeiçoamento de nós mesmos, sem desanimar e colocando-nos a serviço do Divino Mestre, hoje e sempre.







Que Deus não permita que eu perca o ROMANTISMO,
mesmo sabendo que as rosas não falam...

Que eu não perca o OTIMISMO, mesmo sabendo que o futuro
que nos espera pode não ser tão alegre...

Que eu não perca a VONTADE DE VIVER, mesmo sabendo que a vida é,em muitos momentos, dolorosa...


Que eu não perca a vontade de TER GRANDES AMIGOS,
mesmo sabendo que, com as voltas do mundo,
eles acabam indo embora de nossas vidas...

Que eu não perca a vontade de AJUDAR AS PESSOAS,
Mesmo sabendo que muitas delas são incapazes
de ver, reconhecer e retribuir, esta ajuda...

Que eu não perca o EQUILÍBRIO, mesmo sabendo
que inúmeras forças querem que eu caia...

Que eu não perca A VONTADE DE AMAR, mesmo sabendo que a pessoa que eu mais amo pode não sentir o mesmo sentimento por mim...

Que eu não perca a LUZ E O BRILHO NO OLHAR, mesmo sabendo que muitas coisas que verei no mundo escurecerão os meus olhos...

Que eu não perca a GARRA, mesmo sabendo que a derrota e a perda

São dois adversários extremamente perigosos...

Que eu não perca a RAZÃO, mesmo sabendo

que as tentações da vida são inúmeras e deliciosas...

Que eu não perca o sentimento de JUSTIÇA, mesmo
sabendo que o prejudicado possa ser eu...

Que eu não perca o meu FORTE ABRAÇO, mesmo sabendo
que um dia os meus braços estarão fracos...

Que eu não perca a BELEZA E A ALEGRIA DE VIVER, mesmo sabendo

que muitas lágrimas brotarão dos meus olhos e escorrerão por minha alma...

Que eu não perca o AMOR POR MINHA FAMÍLIA, mesmo sabendo que ela muitas vezes me exigiria esforços incríveis para manter a sua harmonia...


Que eu não perca a vontade de DOAR ESTE ENORME AMOR que existe em meu coração, mesmo sabendo que muitas vezes ele será submetido e até rejeitado...

Que eu não perca a vontade de SER GRANDE, mesmo
sabendo que o mundo é pequeno...

E acima de tudo...

Que eu jamais me esqueça que Deus me ama infinitamente!

Que um pequeno grão de alegria e esperança dentro de cada um é capaz de mudar e transformar qualquer coisa, pois...

A VIDA É CONSTRUÍDA NOS SONHOS

E CONCRETIZADA NO AMOR!






Desencanto

Também, Senhor, um dia, de alma ansiosa,
Num sonho todo amor, carícia e graça,
Quis encontrar a imagem cor-de-rosa
Da ventura que canta, sonha e passa.

E perquiri a estrada erma e escabrosa,
Perenemente sob a rude ameaça
Da amargura sem termos, angustiosa,
Entre os frios do pranto e da desgraça,

Até que um dia a dor, violentamente,
Fez nascer no meu cérebro demente
Os anelos de morte, cinza e nada.

E no inferno simbólico do Dante,
Vim reencontrar a lagrima triunfante,
Palpitando em minh’alma estraçalhada.


Autor: Hermes Fontes
(psicografia de Chico Xavier )

Estudos Doutrinários

terça-feira, 17 de abril de 2012

Fluidos e Passes






FLUIDOS e PASSES.


Fluido e Passe, andam de mãos dadas? Será possível separá-las?
Não, uma depende da outra é impossível separá-las.

Vamos falar um pouquinho sobre essas maravilhas que operam em nós encarnados e no plano espiritual.

MEUS AMADOS IRMÃOS, O FLUIDO!

Vamos encontrar vários tipos de fluidos:
A palavra, fluido, vem do (Latim) Fluidu e é uma substância líquida ou gasosa que se expande, como líquido ou gás: temos então, Eflúvio Fluídico, Fluido universal, Fluido vital etc...
Quando falamos em Fluido cósmico estamos citando o fluido universal.
Quando falamos em Fluido Animalizado, Fluido Magnético, Fluido Vital, estamos então falando em Fluido magnético, que nos seres orgânicos desenvolve-se sob o estímulo do princípio vital. Normalmente se refere ao fluido próprio de um médium. Este se combina com o fluido universal acumulado por um Espírito comunicante para permitir uma manifestação espírita.
E quando falamos em Fluido Espiritual, isso nada mais é do que um Fluido Universal desenvolvido ou acumulado pelo Espírito sob a ação de seu pensamento. Já a denominação, Fluido Expansível, refere-se ao fluido espiritual emitido pela parte expansível do perispírito, isto é, aquela que sob seu domínio e pensamento pode se combinar com o fluido animalizado de um médium.
O Fluido universal é o Plasma divino, hausto do Criador, elemento primordial em que vibram e vivem constelações e sóis, mundos e seres. É o princípio material do universo, do qual se derivam todas as coisas materiais mediante alterações e combinações ainda insondáveis. As matérias derivadas do fluido universal apresentam-se nos estado sólido, líquido, gasoso e no estado fluídico propriamente dita, também chamado de fluido espiritual, tanto que, enquanto os três primeiros podem ser manipulados pela mão do homem, o último é sensível ao poder do pensamento e da vontade dos Espíritos.
O Fluido vital é o Princípio orgânico extraído do fluido universal, com a propriedade de animar todos os seres vivos, e que retorna ao depósito da natureza quando do processo de morte biológica.
Temos também, meus queridos, a Fluidoterapia [do latim: fluidu + do grego: therapeía] que é o tratamento feito com fluidos, passes, irradiação e água magnetizada.

No século XIX a eletricidade, o calor, a luz etc...Além dos gases e líquidos em geral (ar, água etc)...Eram considerados como fluidos.
Nessa mesma época, Kardec verificando que os materiais manuseados pelos espíritos, eram analógicos à eletricidade (caracterizada pelo fluido elétrico) denominou-os de fluidos, podendo estes tendo ou não uma qualidade, como o chamado fluido magnético, classificando-o como o fluido utilizado pelos magnetizadores.

Retratamos então aqui sobre o magnetismo, que resulta de um conjunto de fenômenos humanos marcados por uma influência de indivíduos sobre outros, indo além de uma ação e percepção puramente sensorial.

Quando o individuo mantém maus pensamentos, ele destrói fluidos espirituais. Em torno de todos os seres, famílias, cidades etc... existem fluidos espirituais, sendo variáveis de acordo com as vibrações.
Dependendo da natureza Moral do individuo encarnado, acontece ai, uma associação de seres desencarnados, habitantes da atmosfera fluídica vibratória semelhante, para agirem de conformidade com aqueles maus pensamentos.

Pois, o fluido nada mais é que um veículo do pensamento. A ação dos espíritos sobre os fluidos conseqüentemente, tem importantes influências diretas sobre os indivíduos encarnados. Mas sempre se deve levar em consideração que o individuo encarnado pode mudar seus pensamentos, modificar mesmo. Vemos então que somos carregados de boas ou más qualidades, colocadas em vibração de acordo com a natureza dos seus sentimentos, puros ou impuros.

O homem deve mudar seu grau evolutivo modificando-se Moralmente. Agindo assim o ser atrai boas companhias espirituais através de um simples pensamento positivo, trazendo uma atmosfera fluídica benéfica em torno de si mesmo. Nós somos responsáveis em melhorar, com nossos exemplos, o planeta e a humanidade. Sabemos também que quando entramos na faixa de energias negativas todos os nossos guardiões se afastam, por respeitarem nosso livre arbítrio e por não gostarem daquela nossa faixa vibratória.

Kardec já nos dizia:
“Melhorando-se a humanidade verá depurar-se a atmosfera fluídica em cujo meio vive., porque não lhe enviará senão bons fluidos, e estes oporão uma barreira à invasão dos maus. Se um dia a Terra chegar a não ser povoada senão por homens que, entre si, praticam as leis divinas do amor e da caridade, ninguém duvida que não se encontrem em condições de higiene física e moral completamente outras que as hoje existentes”.

Em (Mateus, 10:42) lemos:
“E qualquer que tiver dado, só que seja um copo d’água fria, por ser meu discípulo, em verdade vos digo”.
Que, do modo algum, perderá o seu galardão (Recompensa) “. Jesus”.

Em um copo d’ água pode ser colocada, pelos mentores, a medicação exata para a necessidade que o individuo encarnado tem. Além de a água ser um dos corpos mais simples, puro e receptivo da terra, esse liquido, transparente e incolor, de reação alcalina, conterá, após uma fluidificação, força magnética e princípios elétricos que sustentarão o necessitado e o curará.
Pois, a água fluidificada é salutar à carne e ao espírito nos pontos doentios.
Por isso, meus irmãos, quem se encontra enfermo e deseja, um tratamento através da água, seja para cura física-psíquica, equilíbrio etc...deve então colocar um copo de água na sua frente e em suas orações ter muita Fé e acreditar confiantemente, que o resultado virá. Porque a partir desse momento o Plano Espiritual magnetizará o líquido, com seus encantos de raios puros de amor. Em sublimes bênçãos dos céus.

Não podemos esquecer também, queridos amigos, que é muito antiga a magnetização da água. Na antiguidade, a hidroterapia era conhecida dos povos mais esclarecidos que a utilizavam em suas curas.
A água recebe com muita facilidade as energias magnéticas fluídicas, podendo então realizar um trabalho no metabolismo desajustado e no seu equilíbrio. A água fluidificada ou magnetizada contém muito valor terapêutico.
Pode-se fluidificar a água em beneficio de todos, de modo geral, trazendo seu efeito benéfico a todos os que se utilizam dela, ou em especial a um individuo enfermo. Neste caso o uso é especifico e exclusivo aos problemas deste indivíduo.


Nosso amigo (Allan Kardec No Livro dos Espíritos, na questão 424) nos diz quando perguntado:
Pode-se por meio de cuidados dados a tempo, reatar os laços prestes a se romperem e tornar à vida um ser que, por falta de socorro, estaria definitivamente morto?

E a resposta dele foi taxativa:

“sim, sem dúvida, e disso tendes, todos os dias, a prova. O Magnetismo é, nesse caso, um poderoso meio, porque restitui ao corpo o fluido vital que lhe falta e que era insuficiente para manter o funcionamento dos órgãos”.

O fluido vital se transmite de um indivíduo a outro. Aquele que o tiver em maior porção pode dá-lo a um que o tenha de menos e em certos casos prolongar as vidas prestes a extinguir-se.
“Fluido vital, eletricidade animalizada, são modificações do fluido universal”.

Mas meus queridos, os fluidos não param por aqui.
O passe também tem sua ação magnética que se realiza de varias maneiras pelo fluido do magnetizador.
Na história antiga o passe também já era muito conhecido entre os Sacerdotes do magnetismo. Os Magos da Caldeia, os brâmanes da Índia curavam pelo olhar! Os Egípcios, para o alivio dos sofrimentos, utilizavam a imposição das mãos. Os romanos também tinham templos onde se operavam passes, reconstituindo a saúde pelo magnetismo. Na Gália, os druidas e as druidesas mantinham em altíssimo grau essa faculdade de curar. Vamos ter também na Idade Média a pratica do magnetismo pelos sábios da época.
Até no tempo de hoje, atualmente na Ásia, os faquires cultivam com êxito essa maravilhosa pratica do magnetismo.

Fluidos diretos pelos espíritos, sem a interferência do encarnado para a cura ou a calma de sofredores, para ajudar o sonambúlico provocando o sono naturalmente espontâneo ou até para influenciar o ser no físico e Moral. Seja qual dessas razões que o individuo se encontre, o magnetismo espiritual atua na qualidade direta do espírito causando-lhe imediato bem estar.

O fluido que é derramado sobre os magnetizadores, chama–se magnetismo misto ou semi-espiritual ou humano-espiritual. Que ajustado com o fluido do humano, produz o fluido espiritual que o individuo necessita.

Temos também os fluidos que se derramam sobre os médiuns curandeiros, que os bons espíritos enviam para a cura dos pacientes. O magnetismo empregado pelos médiuns curadores, é poderoso, simplesmente, pela natureza do fluido derramado sobre eles, para que realizem as curas qualificadas. O magnetizador comum se esgota, enquanto o médium curador infiltra um fluido regenerador pela única imposição das mãos.

O PASSE – BIOENERGIA que vem a ser uma Energia obtida pela transformação química da biomassa. (Diversamente das fontes fósseis de energia (como, p. ex., o petróleo, o carvão de pedra, etc.)).

Nos ensina, nosso querido amigo Bezerra de Menezes (Em seu livro, loucura e Obsessão) o seguinte:
“Visitando enfermos, socorrendo necessitados, aplicando passes, ou bioenergia, como se modernizou o labor, enfim, a caridade é um esporte da alma, pouco utilizado pelos candidatos à musculação moral e Inteireza (inteiro) espiritual“.


(Emmanuel) nos diz que:
O passe é a sublime doação. É uma transfusão de energias alterando o campo celular. O passe é antes de tudo uma transfusão de amor.

Para os Médiuns conseguirem um excelente trabalho em auxilio do próximo, precisam, antes de tudo, em uma preparação primeira de tudo, elevarem-se espiritualmente, além cultivarem a humildade no cotidiano...Aí, é começarem os seus trabalhos com a fé em Deus de que estarão praticando uma caridade verdadeira.

a) — Boa vontade e fé;
b) — Prece e mente pura;
c) — Elevação de sentimentos e amor.
a) — Pontualidade
b) — Confiança
c) — Harmonia interior
d) — Respeito.


Queridos é muito importante que entendamos que essa preparação também precisa ser aplicada por nós, os receptores, que almejam alcançar a cura... Pois o passe traz benefícios imediatos. Sentimos, então, alívios de nossas dores, sejam quais forem. Busquemos pois estar de acordo com as condições morais para recebermos melhor o bálsamo que nos aliviará em nosso tratamento.

E não podemos nos esquecer que:

Ainda que o magnetizador seja considerado o melhor magnetizador do mundo, se o receptor não estiver preparado para receber os fluidos que necessita, se não for merecedor dos méritos que busca, nada será alcançados em seus desejos...

Pois os atendimentos pelos passes oferecem a nós os fluidos de re-equilíbrio, paz, gratuitamente ganha de nossos irmãos amigos Benfeitores espirituais, por intermédio de uma caridade de amor dos nossos irmãozinhos encarnados.

Amigos, para compreendermos melhor o que significa exatamente o passe, fechem nesse momento, por um instante, os olhos. Imaginemos que fazemos uma transfusão de sangue e que, após o término, ao abrirmos nossos olhos, obteremos uma renovação das nossas forças físicas.

Pois bem, assim é o passe, mas, com uma transfusão de energias psíquicas e com recursos orgânicos que são retirados de um reservatório ilimitado. Pois, os elementos psíquicos são do reservatório ilimitado das forças espirituais.

Sabemos então meus queridos, que a prece, a irradiação (à distância) ou, a imposição de mãos, na cabeça ou fronte do paciente traz o mais Maravilhoso beneficiamento a todos nós. Temos comprovação disso naquela frase em: (Mateus, 8:17). “Ele tomou sobre si as nossas enfermidades e levou as nossas doenças”.

Vemos então, meus irmãos, que precisamos estar sempre receptivos ao amor e caridade dos Mentores do bem e da Divindade, recebendo então os bálsamos reconfortantes que purificam os nossos sentimentos, raciocínio, coração e cérebro.

Meus amados amigos da ternura, sabemos então que para esses sublimes trabalhos do Divino chegar com sucesso até nós, utilizaremos as seguintes ferramentas:
Prece, Amor, Fé e Caridade... Para com nós mesmos, que somos receptores ou trabalhadores instrumentos da seara espírita e para com o próximo.

A prece, como já falamos, é diferente da reza. A prece é uma oração que depende dos nossos pensamentos e sentimentos da nossa pura vontade, independente de local, idioma, tempo, duração e forma. A prece é apenas louvar, pedir e agradecer do mais profundo intimo de nosso coração.

O Amor tem que ser incondicional, pois nada mais é que um pedaço de nossos corações e que quando tocados por uma prece, reconforta auxiliando o próximo, seja ele amigo ou inimigo, encarnados ou desencarnados.

Fé, é a Força da sua vontade direcionada para o bem, onde atua na ação magnética, por intermédio do homem, sobre o fluido agente universal, ocorrendo um grandioso poder fluídico para a nossa estabilidade moral e psíquica.
Quando há uma Fé viva e inabalável, os Mentores Superiores nos amparam e reconfortam, preparando-nos para uma ação curativa que necessitemos.

Caridade, é fazer o bem sem se ver a quem. Doando um sorriso, uma palavra, ser audiente, consolar corações aflitos, acalmar desesperados, operar reformas Morais, doar bens materiais, alimentícios, doar bens espirituais, preces, etc...

Ao fazermos a caridade espontaneamente, com amor, sentimos uma realização em nosso intimo de pura alegria e satisfação.

Devemos pois, meus irmãos da luz, praticar a caridade em seu mais alto grau. Praticar a caridade em sua essência. Praticar a caridade usando deste nosso amor que trazemos dentro de nós. Fluidificarmos a nossa vida com o fluido do amor e da caridade. E então veremos que a máxima que diz “Sem a caridade não há salvação” é para nós, não um aviso, mas uma bênção porque estaremos realizando um trabalho digno de caridade maior, para com todos os próximos e para conosco próprios.

A todos vocês, meus amigos, os meus mais sinceros desejos de que tenham muita paz e luz em suas vidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...